Coluna Diamante

Extensão do Jornal Delfos-CE: http://jornaldelfos.blogspot.com.br/
O nome Diamante é por conta do primeiro livro impresso no mundo, o Diamante-Sutra, sem o qual não existiria a impressão como a conhecemos hoje em dia.

terça-feira, 10 de março de 2015

MORRE O ATEU MILITANTE E FILANTROPO CRIADOR DE "OS SIMPSONS"


MORRE O ATEU MILITANTE E FILANTROPO CRIADOR DE "OS SIMPSONS"

MORRE SAM SIMON, ATEU MILITANTE, FILANTROPO E CRIADOR DE "OS SIMPSONS"
http://colunadiamante.blogspot.com.br/2015/03/morre-o-ateu-militante-e-filantropo.html
Morre o co-criador dos Simpsons, filantropo e ateu militante 
O americano Sam Simon, co-criador de “Os Simpsons”, morreu aos 59 anos de idade no dia 8 de março de 2015 em consequência de câncer de colón.

Desde o começo do desenho animado, em 1989, Simon era tido como o mais criativo em relação aos os outros desenhistas e roteiristas, Matt Groening e James L. Brooks.

Ken Levine, um dos roteirista do desenho, escreveu em seu blog em 2011 que Simon era a verdadeira força criativa por trás de “Os Simpsons”. “Tudo foi desenvolvido pelo ponto de vista de Sam, o tom, o argumento, o nível de humor.”

Na equipe de produção, Simon exerceu diversas funções e 1993 se tornou produtor executivo do desenho.

Quando soube que estava com uma doença terminal, em 2011, ele começou a destinar sua fortuna de milhões de dólares a entidades de defesa dos direitos dos animais e a ongs de outras causas. 

Comprou zoológicos e circos nos Estados para soltar os animais do cativeiro.

Ele já tinha uma fundação como o seu nome para resgatar cães de abrigos de modo a treiná-los na ajuda de pessoas com necessidades especiais. 

Estima-se que ele tenha doado à caridade cerca de US$ 100 milhões.

Sabe-se agora que Simon financiou, também, campanhas ateístas em outdoor, da American Atheists, como a que foi apresentada em Nova Iorque que diz que a estrela de Belém, dos nascimento de Jesus Cristo, é um mito

Em uma entrevista em 2014 à revista Vanity Fair, ele disse que as pessoas achavam que ela estava fazendo filantropia para ter acesso ao caminho do céu, “mas eu não acredito”.

“Eu sou ateu, e as minhas doações sempre superam os 10% de dízimo solicitados pelas igrejas.”

Em nota, a American Atheists afirmou que Simon, um de seus membros vitalícios, foi “um forte defensor do ativismo ateu”. 
“Tivemos a honra de chamá-lo de nosso amigo e vamos lembrar sempre dele calorosamente.”