Coluna Diamante

Extensão do Jornal Delfos-CE: http://jornaldelfos.blogspot.com.br/
O nome Diamante é por conta do primeiro livro impresso no mundo, o Diamante-Sutra, sem o qual não existiria a impressão como a conhecemos hoje em dia.

domingo, 22 de março de 2015

MORRE O ATOR CLÁUDIO MARZO

Morre o ator Cláudio Marzo aos 74 anos

O ator estava internado no Rio de Janeiro com um quadro infeccioso e sofreu uma parada cardíaca.

Tatiana Regadasdo EGO, no Rio

Perfil Cláudio Marzo (Foto: João Miguel Junior / TV Globo)Cláudio Marzo (Foto: João Miguel Junior / TV Globo)
Morreu neste domingo, 22, no Rio de Janeiro, aos 74 anos, o ator Cláudio Marzo. O ator, que vinha enfrentando uma série de problemas de saúde nos últimos anos, estava internado desde o dia 4 de março na Clínica São Vicente, na Gávea , Zona Sul do Rio de Janeiro. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, ele foi internado com enfisema pulmonar e o quadro se agravou. O ator morreu neste domingo 22, às 5h39, com quadro infeccioso de pneumonia.
Betty Faria em festa no Rio (Foto: Isac Luz/ EGO)Betty Faria em festa no Rio (Foto: Isac Luz/ EGO)
A informação foi confirmada ao EGO pela atriz Betty Faria, ex-mulher do ator. "É verdade. Cláudio morreu na madrugada deste domingo, 22, de uma parada cardíaca. Ele estava com a milha filha (Alexandra) e a mulher, Neia, do lado. Ele estava sofrendo."
Segundo Betty, a família vai esperar a chegada do outro filho de Cláudio, Diogo (do casamento com Denise Dumont), que mora na Austrália, para fazer o velório e a cremação: "Acredito que o velório deve ser na quarta-feira. Nós estamos tristes, mas ele estava sofrendo".
A atriz Xuxa Lopes, também ex-mulher do ator, falou sobre a perda: "Foi nesta madrugada que ele faleceu. Meu filho, Bento, está filmando fora do Rio e está vindo pra cá. Cláudio também é pai de Diogo e ele mora na Austrália, mas também está vindo pra cá. A gente já estava acompanhando e sabia que ele não estava bem  há um tempo, mas sempre é susto uma notícia como essa".
Segundo Xuxa, o ator não conseguia largar o cigarro. "Cláudio fumava muito. Uma vez ele me contou que começou a fumar com 13 anos. Ele gostava, mesmo sabendo que não podia. Ele já estava internado há um tempo. Era tratado, melhorava, voltava pra casa...", lamentou ela: "Cláudio foi muito importante para muitas pessoas, uma pessoa com a mente aberta nos anos 70. Teve um vidão também! Uma vida sensacional, foi muito feliz em todas as áreas. Ele casou com quem ele quis, ele amou, ele fazia o que pensava. Graças a Deus ele teve a vida que ele quis. Isso é muito raro acontecer. Ele foi um homem muito feliz e generoso. Nós éramos amigos até hoje. Fico com dó porque hoje a gente consegue esticar a vida. Acho que Cláudio foi embora um pouco cedo".
No início da noite deste domingo, Sofia - mulher de Bento - disse que ainda não havia previsão de data e local para o velório e sepultamento. "Estamos esperando Diogo resolver a passagem para poder estar aqui", reforçou.
Cláudio Marzo - Irmãos Coragem 1970 (Foto: CEDOC / Globo)Cláudio Marzo em 'Irmãos Coragem 1970'
(Foto: CEDOC / Globo)
Saúde frágil
No início de fevereiro, Marzo já havia passado pouco mais de uma semana internado no mesmo hospital com quadro infeccioso, associado à insuficiência renal e a um enfisema descompensado, de acordo com boletim médico divulgado na ocasião e assinado pelo Doutor João Manuel Pedroso, clínico geral e cardiologista do ator.

Em dezembro de 2014, Marzo ficou internado por três dias no Centro de Tratamento Intensivo também na clínica São Vicente, com um quadro de arritmia cardíaca e pneumonia.
Cláudio já havia sido internado outras três vezes em 2013. A última, em novembro daquele ano, com quadro de hemorragia digestiva e diverticulite e, um mês antes, por conta de outra hemorragia digestiva. Em setembro, a causa que levou o ator para o hospital foi uma insuficiência respiratória associada a uma pneumonia.

Carreira e vida
O ator tem três filhos: Bento, de seu casamento com a atriz Xuxa Lopes; Alexandra Marzo, de sua união com Betty Faria, e Diogo, de seu relacionamento com Denise Dumont. Seu último trabalho na televisão foi no último trabalho na Globo foi no seriado "Guerra e Paz", em 2008. Sua última novela foi “Desejo proibido”, em 2007, dando vida a Lázaro Simões.
Marzo esteve no elenco de importantes produções da Globo, como “Irmãos coragem” (1970), “Saramandaia” (1976), “A indomada” (1997) e "Mulheres apaixonadas" (2003). No cinema, o ator fez parte de produções brasileira como “O Xangô de Baker Street”, baseado na obra de Jô Soares, e “A Dama da Lotação”, com a atriz Sônia Braga, e fez sucesso no longa "O homem nu".