Coluna Diamante

Extensão do Jornal Delfos-CE: http://jornaldelfos.blogspot.com.br/
O nome Diamante é por conta do primeiro livro impresso no mundo, o Diamante-Sutra, sem o qual não existiria a impressão como a conhecemos hoje em dia.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

FILME CEARENSE "O SHAOLIN DO SERTÃO" TEM ESTRÉIA PREVISTA PARA NOVEMBRO

FILME CEARENSE "O SHAOLIN DO SERTÃO" TEM ESTRÉIA PREVISTA PARA NOVEMBRO

Filme cearense 'O Shaolin do Sertão' tem estreia prevista para novembro

Longa metragem é dirigido pelo diretor cearense Halder Gomes.
No elenco, Edmilson Filho, Dedé Santana, Falcão, entre outros.

Verônica Prado Do G1 CE

Filme O Shaolin do Sertão tem estréia prevista para o segundo semestre de 2016 (Foto: Divulgação)

Previsto para estrear em novembro de 2016, o filme “O Shaolin do Sertão”, do diretor cearense Halder Gomes, entra na última semana de filmagens, em Fortaleza. Antes, o elenco gravou em Quixadá e Quixeramobim, no sertão central cearense. O longa-metragem, ambientado no início dos anos 1980, conta a história de Aluízio Lee, um aficionado por artes marciais que vive com a cabeça no mundo das lutas de tanto sonhar e assistir a filmes de artes marciais chinesas.

Aluízio acredita ser um Shaolin e se veste como tal, sendo o motivo de chacotas em sua cidade natal, Quixadá. Seu mundo de fantasias é posto em risco quando "Toni Tora Pleura", um lutador aposentado de vale-tudo, interpretado por Fábio Goulart, anuncia um "tour" de desafios por várias cidades do interior do Ceará, inclusive, Quixadá. “Sempre tive vontade de retratar esse universo das artes marciais e como essa paixão pelo gênero influenciou o dia-a-dia de algumas pessoas em cidades do interior”, conta o diretor Halder Gomes.

“Durante a década de 80, lutadores de vale-tudo passavam por dificuldades devido à falta de lutas profissionais. A fim de manter a paixão pela luta, eles desafiam os valentões no interior do Ceará que aceitam participar da competição criada”, explica o Gomes, que dirigiu outro grande sucesso, o filme “Cine Holliúdy”. “É um filme muito lindo e divertido. Acredito que pode superar o Cine Holliúdy, pode surpreender”.
"Filme vai surpreender", diz diretor (Foto: Divulgação)

No elenco, nomes como Dedé Santana, Edmilson Filho, Fafy Siqueira, Marcos Veras, Tirulipa, Falcão, Bruna Hamu, Igor Jansen, Frank Menezes, Karla Kareninna, Haroldo Guimarães, Fábio Goulart e Lailtinho Brega.

“A preparação do elenco foi bem demorada por causa das especificidades da produção. O Edmilson Filho [que faz o Shaolin] perdeu 10 quilos com o treinamento, enquanto o lutador Toni Tora Pleura ganhou 15 de músculos”, conta Gomes. Fábio Goulart foi o primeiro brasileiro a conquistar o ouro em Taekwondo nos Jogos Panamericanos de Havana, em 1991.

“O Shaolin do Sertão é um marco na produção cinematográfica em nosso estado, pois pela primeira vez teremos um filme produzido no Ceará como consequência do sucesso comercial de uma produção local (Cine Holliúdy), o que estabelece um passo importante para o surgimento de um polo cinematográfico consolidado pela demanda do público”, ressalta Halder Gomes.

Na trilha sonora, há intepretações de Fagner, Marcos Lessa e da banda cearense Leite de Rosas e os Alfazemas. O filme é produzido pela Globo Filmes, Telecine e Paramount Pictures, com distribuição da Downtown Filmes, além de dinheiro estatal do Fundo Setorial do Audiovisual. Na produção, foram investidos recursos da ordem de R$ 4 milhões.
Filme "O Shaolin do Sertão" teve investimento de R$ 4 milhões